Em casa, baianas buscam título do Neutrox Weekend na paradisíaca Itacaré

By abrasp | 7 de junho de 2019 | Destaque, Feminino

3 ATLETAS LOCAIS QUEREM SE DESTACAR PARA SUBIR NO RANKING BRASILEIRO FEMININO

Surfistas Baianas em Itacaré – Foto: Fabriciano Junior

Três atletas locais da Bahia estarão, a partir deste sábado (8), na disputa pelo título do Neutrox Weekend, competição exclusiva para mulheres, em Itacaré, na Bahia. Daniela Albuquerque, Tais Oliveira e Potira Castaman, que é do Pará, mas radicada na cidade baiana, querem usar o conhecimento das ondas da Praia da Tiririca para subir no ranking brasileiro de surf profissional.

As disputas estão programadas para este sábado, a partir das 11 horas, com transmissão ao vivo pelo site www.abrasp.com e www.surfcore.com.br. Além do evento dentro da água, ações como yoga, zumba, muay thai e palestras são realizadas para os visitantes da Praia da Tiririca.

Pentacampeã baiana e campeã brasileira amadora, Dani Albuquerque conhece bem as ondas de Itacaré. No Neutrox Weekend de 2019, ela quer fazer bonito perante a torcida baiana e destaca a qualidade das ondas da Praia da Tiririca e a estrutura oferecida às surfistas.

“É sempre um prazer surfar em Itacaré. Um paraíso que tem altas ondas. É muito bacana ter essa oportunidade. A estrutura montada é igual a de uma etapa de Circuito Mundial e não vemos isso sempre. É muito importante para o surf feminino ter competições como esta para o desenvolvimento do esporte e das meninas aqui na Bahia”, disse.

Das três atletas que representam a Bahia, apenas uma mora em Itacaré. Tais Oliveira, que nasceu em Salinas, no Pará, mudou para o litoral baiano há quatro anos. Em casa, ela espera aproveitar a oportunidade para conseguir um grande resultado no Neutrox Weekend. “Estou aproveitando ao máximo essa oportunidade de correr uma competição no quintal de casa. Quero pegar boas ondas e fazer um grande resultado. Estou acostumada a pegar onda aqui e isso me deixa mais tranquila”, falou.

Com 14 anos, Potira Castaman é uma das atletas mais jovens do torneio e símbolo da nova geração do surf baiano. Natural de Salvador, mas acostumada a surfar em Itacaré, ela espera chegar à final do Neutrox Weekend e valoriza a oportunidade de competir contra atletas de outros estados.

“É como se eu estivesse em casa. Não costumo surfar muito na Tiririca, porque as ondas são um pouco pesadas, mas surfo em outras praias aqui da região. Venho com força total para essa competição. Espero conseguir uma vaga na final. Seria a realização de um sonho. Além disso, é uma oportunidade incrível para as surfistas baianas. Por sermos em pouco número, geralmente só disputamos semifinais e finais. Aqui, podemos ter mais baterias e elevar o nível do nosso surf”, explicou a jovem atleta.

Segundo o diretor executivo da Abrasp, Pedro Falcão, a Bahia tem uma nova geração de atletas e acredita que o Neutrox Weekend por contribuir para que estas atletas se tornem profissionais. “Na Bahia, hoje, temos uma geração nova muito boa chegando, mas não tem uma geração atual de profissionais. Este tipo de ativação e trazer o evento ajudam essas meninas a quererem ser profissionais”, analisou.

Preocupação ambiental – O Neutrox Weekend reserva mais do que as atividades dentro da água. Projetos como o Recicla Itacaré e a neutralização do carbono emitido durante a produção e execução do evento são preocupações da organização. Por isso, há uma compensação de CO2 através do programa Sustainable Carbon, empresa especializada no seguimento. Para evitar a poluição causada pelo plástico, os participantes do evento receberam copos reutilizáveis para o Neutrox Weekend. Não haverá copos de plástico durante os dias de competição.

O Neutrox Weekend é uma realização da Abrasp, com patrocínio da Neutrox. A etapa de Itacaré tem copatrocínio de Ecoporan Hotel Charme Spa & Eventos e apoios da Prefeitura de Itacaré, Federação Baiana de Surf e Associação de Surf de Itacaré.

 

TEXTO: JOÃO PAULO DE CASTRO

FMA Notícias