“Em casa”, Igor Moraes quer boa atuação na 2ª etapa do Maresia Paulista de Surf Profissional

By abrasp | 17 de julho de 2017 | Notícias

SURFISTA DE MARESIAS MAIS BEM POSICIONADO NO RANKING JÁ FOI TERCEIRO COLOCADO EM 2014

Igor Moraes Maresia Paulista Pro Ubatuba. Foto: Munir El Hage.

Igor Moraes tem motivos de sobra para querer uma boa apresentação na 2ª etapa do Maresia Paulista de Surf Profissional, nos próximos dias 29 e 30. Ele competirá “em casa”, na Praia de Maresias, em São Sebastião, sabendo que um resultado positivo pode lhe abrir portas para um patrocinador. A disputa reunirá 96 surfistas de vários estados e, além do tradicional título estadual e da premiação de R$ 30 mil, tem como atrativo os importantes 3 mil pontos no ranking da Abrasp, que definirá o novo campeão brasileiro.

Na etapa inicial deste ano, em Ubatuba, Iguinho foi o melhor surfista de Maresias, ficando em 17º lugar. Foi o seu segundo melhor resultado no Circuito. Em 2014, competindo na praia onde treina diariamente e ainda como amador, foi o terceiro colocado, até agora o único pódio. “As expectativas são as melhores. Estou treinando bastante e me sinto muito confiante em casa. Espero fazer um belo resultado no quintal”, afirma.

“O Paulista Pro, como todos sabem, é um campeonato considerado muito difícil, por ter atletas de todo o Brasil, mas vou competir em Maresias, perto da família e amigos para apoiar, além de conhecer muito bem a onda”, afirma o surfista de 20 anos, que passou a competir como profissional em 2015, quando terminou o Circuito na 99ª colocação. No ano passado, subiu de produção, na 31ª posição no ranking.

Além de querer se posicionar entre os melhores de São Paulo e do Brasil, Igor batalha por um patrocinador. “Sei que um bom resultado pode ajudar muito”, diz o atleta, que este ano, para competir no QS na Argentina, fez rifas para conseguir dinheiro para a viagem. “Eu estava sem nenhum patrocínio ou apoio quando tiver a ideia e graças a Deus e às pessoas que acreditam e gostam do meu surf, consegui competir. Foi uma rifa de mil e outra de 2 mil reais, essa com uma prancha que o top Filipe Toledo me deu para arrecadação”, lembra.

Na classificação geral, o líder também é de São Sebastião, mas da vizinha praia de Juquehy, Thiago Camarão, campeão paulista de 2015. Na sequência, aparecem três surfistas de Ubatuba, mais dois novos valores, assim como Igor – Wesley Leite e Weslley Dantas (irmão do top brasileiro no WCT, Wiggolly Dantas) – e o experiente Hizunomê Bettero, bicampeão estadual.

No total, a etapa distribui R$ 30 mil em premiação, com R$ 8 mil ao vencedor. Há, também, R$ 1 mil extras para o autor da manobra mais radical na Overboard Expression Session, disputada antes da final. O campeão paulista da temporada ganhará uma moto 0k, oferecida pela Surf Trip, Kyw e Super Tubes.

O Maresia Paulista de Surf Profissional 2017 tem os patrocínios da rede de lojas Overboard, Surf Trip, Kyw e Super Tubes. Apoios de K Energy Drink, prefeituras de Ubatuba e São Sebastião, Associação Ubatuba de Surf e Associação de Surf de São Sebastião, Governo do Estado de São Paulo/Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, com divulgação de Waves. Realização: Federação Paulista de Surf.

Por: FMAnoticias.com.br – Fábio Maradei