Estadual Pro do Rio – Ubatubenses vencem em Cabo Frio

By abrasp | 6 de setembro de 2019 | Destaque, Feminino, Notícias

Os atletas de Ubatuba Wesley Leite e Camila Cassia foram os campeões do Cabo Frio Surf Pro 2019.

Deu Ubatuba na terceira etapa do Circuito Profissional 2019 do Rio de Janeiro. Neste domingo Wesley Leite e Camila Cassia foram os campeões do Cabo Frio Surf Pro 2019, nas ondas da Praia do Forte.

O domingo amanheceu com sol e mar liso, porém com ondas de meio metro que rolavam em séries demoradas. Mas logo após a segunda bateria o vento entrou, o céu ficou nublado e as condições ficaram ainda mais difíceis para o surfe, porém alguns dos melhores atletas do Brasil apresentaram boas manobras.

O dia começou com as duas últimas baterias das quartas de finais da categoria Masculino Pro, e Leo Neves venceu e avançou com Facundo Arreyes, que tirou a vaga de Leandro Bastos nos segundos finais. Em quarto ficou Matheus Faria. No duelo seguinte Heitor Alves voou alto pra fazer um high score e ficar em primeiro. O cearense e o potiguar Alan Jhones eliminaram o atual líder do ranking brasileiro, o paulista de Maresias Igor Moraes (3º) e o cabofriense Paulo Roberto (4º).

Na sequência as meninas entraram na água para as semifinais, que começaram com uma bateria fraca de ondas, vencida por Camila Cassia. Kayane Reis, de Saquarema, passou em segundo e a pernambucana Monik Santos, que começou melhor, acabou eliminada. Depois a local Karol Ribeiro achou duas esquerdas e manobrou bem para vencer. Ela avançou com a saquaremense Taís de Almeida. A cearense radicada no Rio Yanca Costa, que é a atual campeã carioca, se despediu do evento.

Camila Cássia

As semis masculinas começaram aceleradas, com uma disputa eletrizante. O baiano que atualmente vive no Espírito Santos, Léo Andrade, levou a melhor e foi para a final com o paulista de Ubatuba Wesley Leite. O potiguar Jonathan Santos, recordista do evento com a nota 9.50 e o somatório 18.00 conquistados no sábado, apostou na mesma vala de direita onde deu show, porém errou na única chance que teve de voar.

Na segunda semi o buziano Facundo Arreyes se conectou com a vala e seguiu com vitória para a finalíssima, junto de Alan Jhones. Heitor Alves perdeu por pouco e Leo Neves não achou as ondas na bateria.

Finais – A primeira final foi das meninas e teve a Kayane mais ativa no início, porém sem se distanciar. Taís largou bem, mas quem começou muito forte foi a Camila, que soltou várias manobras numa direita que abriu toda e que valeu um high score. A partir daí as outras adversárias lutaram mais pelo vice, pois Camila ainda melhorou seu somatório. Karol deu um gás e assumiu a segunda posição, terminando a prova como vice. Taís ficou em terceiro e Kayane em quarto.

“Estou muito feliz! Venho trabalhando já há alguns anos pra isso e agora só estou colhendo os frutos, e vou falar: já estava com saudades de subir no pódio novamente”, comentou a campeã, que não está pensando ainda nos títulos dos circuitos. “Na verdade, eu estou só querendo surfar, me divertir, não estou pensando muito nisso, de campeã brasileira, campeã carioca, eu só quero fazer a minha parte e seja o que Deus quiser”, finalizou a campeã que assumiu a liderança do ranking do circuito do Rio e que segue como a número 1 do circuito nacional da Abrasp.

Wesley Leite

Final da Masculino Pro – A bateria mais importante dos homens no Cabo Frio Surf Pro 2019 teve o ubatubense Wesley e o potiguar Alan trocando de posições, a cada momento um estava na ponta, enquanto o baiano Léo e o buziano Facundo procuravam, mas não achavam ondas com potencial. A melhor nota das 45 ondas surfadas na final foi de Wesley (6.50), que acabou como campeão. Alan foi o vice, Facundo ficou em terceiro e Léo em quarto.

“Muito bom! Muito feliz com essa vitória. Meu irmão é o cara que fez tudo isso acontecer, acreditou, acredita, ele é o cara que sempre botou e sempre vai botar fé em mim. Ele está no céu, me filmando lá de cima. Ele está sempre em contato, mandando as energias, as melhores ondas, então eu dedico essa vitória pra ele. Ele é o responsável.”, disse o emocionado Wesley, falando sobre o irmão João.

O campeão também falou da vibe durante o evento. “É minha primeira vez aqui em Cabo Frio, e é sempre uma coisa nova que acontece, mas estou numa casa que tem uma energia maravilhosa, com o Rodrigo, pessoa do bem, de coração muito bom. A energia pra mim é o ponto principal. Então acho que essa atmosfera é que fez eu sair daqui campeão. Estou sempre sorrindo, sempre feliz, sempre alegre, otimista, dando risada, ouvindo música, fazendo brincadeira. Então independente do lugar, estando com essa energia, nessa concentração, você consegue seu melhor desempenho”, finalizou Wesley, que após a etapa subiu para a terceira posição no ranking do Rio.

O Cabo Frio Surf Pro 2019 é uma realização da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ, em parceria com a Associação Brasileira de Surf Profissional – ABRASP, com patrocínio do Governo do Estado do Rio através da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude – SEELJE.

Apoio da South & Co, Indo Dreams Tours, Hidden Bay Resorts Mentawais, Mar Telecom, Save Home Care, e Tattoo Academy Br.

Apoio de mídia do Waves, Surfland e Intertv.

Apoio institucional da Prefeitura de Cabo Frio através da Secretaria do Esporte e Lazer, RJ+Inclusão, Adapt Surf, SOMAR, Expo Lendas do Surf, e Cabo Frio Surf Clube (CSC).

Masculino Pro

Final

Wesley Leite (SP) 12.00 x Alan Jhones (RN) 11.65 x Facundo Arreyes (RJ) 7.70 x Léo Andrade (BA) 6.50

Semifinais

1 Léo Andrade (BA) 7.70 x Wesley Leite (SP) 7.55 x Jonathan Santos (RN) 7.50 x Kalebe Kymmerson (ES) 5.90
2 Facundo Arreyes (RJ) 9.30 x Alan Jhones (RN) 7.90 x Heitor Alves (CE) 7.30 x Leo Neves (RJ) 3.60

Quartas de final

Baterias disputadas no sábado

1 Léo Andrade (BA) 11.90 x Jonathan Santos (RN) 10.50 x Odarci Nonato (SP) 6.85 x Cauã Costa (RJ) 6.65
2 Wesley Leite (SP) 9.05 x Kalebe Kymmerson (ES) 8.25 x Yago Ramos (SC) 6.15 x Arthur Silva (CE) 5.85

Baterias deste domingo

3 Leo Neves (RJ) 9.75 x Facundo Arreyes (RJ) 7.90 x Leandro Bastos (RJ) 7.75 x Matheus Faria (RJ) 4.05
4 Heitor Alves (CE) 12.30 x Alan Jhones (RN) 10.50 x Igor Moraes (SP) 8.90 x Paulo Roberto (RJ) 7.25

Feminino Pro

Final

Camila Cassia (SP) 11.60 x Karol Ribeiro (RJ) 7.75 x Taís de Almeida (RJ) 7.20 x Kayane Reis (RJ) 5.40

Semifinais

1 Camila Cassia (SP) 5.60 x Kayane Reis (RJ) 5.05 x Monik Santos (PE) 4.60
2 Karol Ribeiro (RJ) 10.60 x Taís de Almeida (RJ) 8.35 x Yanca Costa (RJ) 7.35

Ranking do Circuito Profissional 2019 do Rio de Janeiro

Masculino Pro

1 Igor Moraes (SP) 4110 pontos
2 Raoni Monteiro (RJ) 3940
3 Wesley Leite (SP) 3910
4 Leandro Bastos (RJ) 3680
5 Leo Neves (RJ) 3630
6 Arthur Silva (CE) 3340
7 Facundo Arreyes (RJ) 3260
8 Vitor Ferreira (RJ) 3060
8 Renan Pulga (SP) 3060
10 José Eduardo (RJ) 2940

Feminino Pro

1 Camila Cassia (SP) 5220
2 Gabriela Teixeira (RJ) 4316
3 Monik Santos (PE) 4160
4 Kayane Reis (RJ) 4060
5 Taís de Almeida (RJ) 3790
6 Yanca Costa (RJ) 3680
7 Karol Ribeiro (RJ) 3180
8 Jessica Bianca (PR) 3120
9 Monika Takaki (RJ) 3010
10 Brhuna Neves (RJ) 2976

Texto e Fotos: SURFE TV / Carlos Matias

Este slideshow necessita de JavaScript.