Nota de esclarecimento sobre o conflito de datas dos eventos Abrasp e CBSurf

By abrasp | 20 de setembro de 2018 | Destaque, Notícias
krystian Kymmerson

Em relação ao conflito de campeonatos entre os dias 25 e 28 de outubro, a Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp), com a Federação de Surf do Espírito Santo e a Associação de Surf de Linhares vem esclarecer:

O evento em Regência, município de Linhares, no estado do Espírito Santo, válido como a terceira etapa do Circuito Quebra Onda de Surf Profissional (somando pontos no ranking Estadual Profissional e no Abrasp Tour 2018) foi divulgado nas mídias especializadas e era de conhecimento da comunidade do esporte e atletas antes do anúncio na última semana, da etapa do Circuito CBSurf Tour em Itacaré.

Entendemos que a CBSurf é o órgão máximo do surfe brasileiro, mas acreditamos que o diálogo e o respeito as entidades constituídas e atuantes deva ser a base das relações.

Não se pode por uma oportunidade “atropelar” um evento que tem o apoio da mais tradicional entidade do surfe nacional em funcionamento – Abrasp. Nem uma Federação filiada e que vem prestigiando o Circuito Junior da CBSurf- Federação de Surf do Estado do Espírito Santo. Nem mesmo uma associação que, junto com a Federação, está resgatando o surfe profissional capixaba, oportunizando o crescimento regional através do esporte – Associação de Surf de Linhares.

Também pensando no surfista é muito ruim em meio a uma crise dois eventos com boa premiação em um mesmo final de semana. O surfista profissional precisa trabalhar. Necessita um calendário consistente, que dê oportunidade para viver do esporte. Trabalhamos para isso. E essa deve ser a premissa para se agendar um evento profissional no país.

Ainda, um fato relevante: Regência é uma onda especial, que merece todo o foco quando estiverem presentes os surfistas profissionais do país. Um local que atende os competidores, uma verdadeira arena do surfe, com muitos tubos. Um sonho do profissional brasileiro uma etapa em um local “mágico” como esse.

Com o objetivo do fortalecimento do surfe profissional no país, reiteramos o pedido feito por telefone ao presidente da entidade, para que a CBSurf reveja sua atitude, reagendando a etapa, possibilitando assim que os Surfistas profissionais do Brasil possam competir em ambos eventos.

Antes de enviar essa nota, a Abrasp, através do assessor executivo Pedro Falcão, procurou o presidente da CBSurf, Adalvo Argolo. Não existe motivo para não haver uma comunicação constante e a busca de um caminho comum. A Abrasp está procurando fazer a sua parte, prestigiando os eventos do Circuito CBSurf Tour e mantendo contato regularmente com a direção da Confederação.