Surfistas de quatro estados festejam vitórias no Pena Little Monster de Itacaré

By abrasp | 28 de maio de 2017 | Notícias

O potiguar Israel Junior e a carioca Kayane Reis foram os campeões na Pro Junior e os baianos dominaram as categorias dos monstrinhos, com Jeronimo Barros na Sub 14, Rayan Fadul na Sub 12 e Matheus Neves na Sub 10.

Campeões Pro Junior (Lima Junior / Pena)

O Pena Little Monster coroou os campeões da sua segunda etapa em mais um dia de boas ondas na Praia da Tiririca para a nova geração do surfe brasileiro dar um show na bela cidade de Itacaré, no litoral sul da Bahia. O potiguar Israel Junior e a carioca Kayane Reis foram os campeões da categoria Pro Junior, válida pelo Circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP). Entre os monstrinhos, os baianos fizeram a festa em casa no domingo, ganhando três das cinco categorias, com Jeronimo Barros na Sub 14, Rayan Fadul na Sub 12 e Matheus Neves na Sub 10. Daniel Templar, de Saquarema (RJ), levou o título na Sub 16, a catarinense Tainá Hinckel venceu a Sub 14 e o potiguar Victor Santos foi bicampeão na Sub 08, repetindo a vitória conquistada em Paracuru, no Ceará.

A terceira e última etapa do Pena Little Monster 2017, circuito promovido pela marca Pena Surf Wear desde 2014 para descobrir novos monstrinhos no surfe brasileiro, já está confirmada para os dias 15 a 17 de setembro na Praia do Forte, em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Lá serão conhecidos os campeões da temporada nas categorias Sub 16, Sub 14, Sub 12, Sub 10 e Sub 08. Além disso, serão disputados mais 1.000 pontos para os rankings masculino e feminino da ABRASP que irão definir os títulos brasileiros da categoria Pro Junior, para surfistas com até 20 anos de idade.

Podio Sub 16 (Lima Junior / Pena)

Em Itacaré, o potiguar Israel Junior conquistou sua primeira vitória no Pena Little Monster e ele e o vice-campeão nas ondas da Tiririca, o pernambucano Sinoe Cronier, entraram na briga pelo título no ranking que começou dominado pelos cearenses Mathias Ramos e Jannifer de Sousa, finalistas da primeira etapa em Paracuru. Os dois caíram antes das semifinais no domingo e a disputa agora ficou mais acirrada. Israel Junior é de Baía Formosa, cidade do top da elite mundial do CT, Italo Ferreira, que já tem um título brasileiro Pro Junior no currículo.

“Foi bastante difícil chegar aqui, mas estou muito feliz agora com essa vitória”, disse Israel Junior. “Eu só tenho que agradecer a Deus e a todos que me ajudam. O evento foi show e melhor ainda porque eu consegui surfar bem em todas as baterias que disputei aqui. Eu tive um pouco de dificuldade no início, quando o mar estava muito grande, mas graças a Deus deu tudo certo. Na final, foquei naquelas direitinhas boas que pareciam com as do Pontal (de Baia Formosa), já vinha surfando elas durante o campeonato e estou muito feliz”.

A decisão do título Pro Junior foi a última a entrar no mar no domingo e começou nas esquerdas da Praia da Tiririca, com Israel Junior largando na frente com nota 4,25 em sua primeira onda, contra 3,00 de Sinoe Cronier. O pernambucano logo pega uma esquerda melhor para fazer três manobras de frontside e ganhar 5,50 dos juízes. O potiguar prefere aguardar por melhores ondas e pega uma esquerda também que rende boas manobras, finalizando forte na junção para igualar o 5,50 do adversário e assumir a ponta.

Podio Sub 14 (Lima Junior / Pena)

Em seguida, Israel pega uma direita para mostrar a verticalidade do seu backside nas batidas e segue atacando a onda até o fim para tirar 5,80. Cronier tenta uma direita que fecha rápido e logo entra numa esquerda para buscar a virada, mas a nota saiu 4,85 e ele precisava de 5,81. Israel Junior parece ter gostado mais das direitas, destrói outra boa onda com seu backside agressivo e ganha 6,85, ampliando a vantagem para 7,15 pontos nos 5 minutos finais. Sinoe não desiste e detona duas manobras muito fortes numa esquerda que vale 6,50, diminuindo a diferença para 6,16 pontos, ou seja, teria que repetir a dose para vencer.

A prioridade de escolha da próxima onda era do potiguar e os dois ficaram sentados lado a lado no outside, restando apenas dois minutos. O pernambucano ainda consegue pegar uma esquerda que Israel deixa passar, já começa forte levantando um grande leque de água, mas erra a segunda manobra. Essa acabou sendo sua última chance, pois o tempo passou rápido e Israel Junior festejou sua primeira vitória Pro Junior no Pena Little Monster.

FINAL FEMININA – Na Pro Junior feminina, a grande favorita era a atual campeã sul-americana da categoria para surfistas com até 20 anos de idade, Tainá Hinckel, que já tinha festejado vitória na Sub 14. A cearense Yanca Costa, vice-líder do ranking, era outra forte concorrente junto com a catarinense. Só que quem surfou as melhores ondas da bateria foi a carioca Kayane Reis, que comemorou seu primeiro título no Pena Little Monster em Itacaré. Tainá ficou em segundo lugar, Yanca Costa em terceiro e a paraibana Raissa Fernandes em quarto.

Podio Sub 14 feminino (Lima Junior / Pena)

“Estou bem feliz, porque é o primeiro campeonato que eu ganho na categoria profissional”, disse Kayane Reis. “As condições (do mar) estavam bem difíceis, mas eu consegui encaixar o meu surfe aqui nas ondas de Itacaré e o evento foi irado. Eu gostei bastante e agora é seguir treinando para tentar outro bom resultado na próxima etapa, que vai ser lá Rio de Janeiro”.

FINAL SUB 16 – Outra vitória do Rio de Janeiro foi conquistada na principal categoria dos monstrinhos. Daniel Templar não deu qualquer chance para seus adversários na final Sub 16, surfou as três melhores ondas da bateria e somou as notas 6,75 e 8,00 das duas últimas para levar o troféu de campeão do Pena Little Monster para Saquarema. Em segundo lugar ficou Eduardo Motta com 8,35 nas duas ondas computadas, o também paulista Luan Hanada foi o terceiro colocado com 7,50 e o cearense Lucas Bezerra ficou em quarto com 7,30, mas saiu da Bahia liderando o ranking Sub 16 do Pena Little Monster.

“Estou muito feliz e agradeço a todos que torceram por mim”, disse Daniel Templar. “Infelizmente, eu não consegui ir muito bem na Pro Junior, mas estou amarradão porque ganhei a minha categoria e é isso que importa. Valeu galera, brigadão a todos”.

Podio Sub 12 (Lima Junior / Pena)

VITÓRIAS BAIANAS – Nas outras quatro categorias dos monstrinhos, os baianos conquistaram três vitórias com os surfistas locais de Itacaré. Duas delas foram emocionantes, de virada na onda surfada no minuto final das baterias. Na Sub 14, o líder no ranking do Pena Little Monster, Cauã Costa, dominou a decisão do título do início ao fim, até Jeronimo Barros surfar a melhor onda dos finalistas. Ela valeu nota 6,10 e o baiano virou o placar para 10,75 a 10,40 pontos do cearense da Equipe Pena. O paulista Yan Sondahl ficou em terceiro lugar com 9,55 e o paranaense Kainan Meira em quarto com 5,65.

Na final Sub 12, o potiguar Alisson Matheus começou bem com uma nota 6,00 e ficou a bateria inteira buscando apenas 1,25 para superar os 7,25 pontos do cearense Cauet Frazão, neto de Raimundo Pena, dono da marca Pena Surf Wear. Alisson falhou nas tentativas de conseguir essa nota baixa, mas no último minuto, o baiano Rayan Fadul acha uma boa onda para tirar nota 5,15 e pular do terceiro para o primeiro lugar, conquistando o título Sub 12 por 9,90 pontos. Cauet Frazão caiu para segundo com 7,25, Alisson Matheus para terceiro com 7,10 e outro cearense, Pedro Rian, terminou em quarto lugar com 6,25.

Podio Sub 10 (Lima Junior / Pena)

Já na decisão da categoria Sub 10, Matheus Neves só surfou três ondas para vencer com notas 4,75 e 4,25, deixando em segundo lugar o cearense Guillherme Lemos, vencedor da primeira etapa do Pena Little Monster em Paracuru (CE). O potiguar Victor Santos ficou em terceiro e outro baiano, Sandino Sá, em quarto lugar. Mais dois baianos disputaram a final Sub 08, mas não conseguiram impedir a segunda vitória de Victor Santos entre os mais jovens participantes do Pena Little Monster.

ÚNICO BICAMPEÃO – O potiguar Victor Santos foi o único que conseguiu repetir em Itacaré a vitória conquistada na etapa de abertura do Pena Little Monster em Paracuru (CE). Ele tirou a maior nota da final – 4,75 – para festejar seu segundo título. Dessa vez, os baianos Vitor Gabriel e Pedro Veiga ficaram na segunda e terceira colocações, respectivamente, com a única menina, a carioca Lanai Thompson, terminando em quarto lugar.

Podio Sub 08 (Lima Junior / Pena)

“Queremos fazer um agradecimento especial a Prefeitura de Itacaré, todo o pessoal da Associação de Surf de Itacaré que trabalhou bastante, a marca Pena, todos os apoiadores e patrocinadores do circuito e os atletas que vieram de vários estados do Brasil prestigiar o evento aqui”, disse Amelio Junior, da Top 16 Promoções, que realiza o Circuito Pena Little Monster desde 2014. “Fizemos a primeira etapa deste ano em Paracuru, no Ceará, terminamos agora a segunda aqui em Itacaré que foi um sucesso também e esperamos todos vocês na próxima, nos dias 15 a 17 de setembro em Cabo Frio, no Rio de Janeiro”.

A segunda etapa do Pena Little Monster 2017 válida pelo Circuito Brasileiro Pro Junior, foi realizada com apresentação da CT Wax, patrocínio da Pena Surf Wear e Prefeitura Municipal de Itacaré, apoio da Federação Baiana de Surf e realização da Associação de Surf de Itacaré (ASI), Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) e Top 16 Promoções. Mais informações do Pena Little Monster no www.pena.com.br

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO PENA LITTLE MONSTER EM ITACARÉ:

FINAL PRO JUNIOR SUB 20 VÁLIDA PELO CIRCUITO BRASILEIRO:
Campeão: Israel Junior (RN) por 12,65 pontos (notas 6,85+5,80) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeão: Sinoe Cronier (PE) com 12,00 pontos (6,50+5,50) – 860 pontos

PRO JUNIOR – SEMIFINAIS – 3.o lugar com 730 pontos:
1.a: Israel Junior (RN) 12.50 x 12.35 Nathan Kawani (SC)
2.a: Sinoe Cronier (PE) 12.10 x 10.00 Edher Reis (SP)

PRO JUNIOR – QUINTA FASE – 1.o e 2.o=Semifinais / 3.o=5.o lugar (610 pts) e 4.o=7.o lugar (555 pts):
1.a: 1-Nathan Kawani (SC), 2-Edher Reis (SP), 3-Mathias Ramos (CE), 4-Vitor Soares (RJ)
2.a: 1-Sinoe Cronier (PE), 2-Israel Junior (RN), 3-Cauã Costa (CE), 4-Gabriel Ramos (SP)

FINAL PRO JUNIOR FEMININA SUB 20 VÁLIDA PELO CIRCUITO BRASILEIRO:
Campeã: Kayane Reis (RJ) por 11,75 pontos (notas 6,50+5,25) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeã: Tainá Hinckel (SC) com 8,85 pontos (5,50+3,35) – 860 pontos
Terceiro lugar: Yanca Costa (CE) com 7,25 pontos (3,75+3,50) – 730 pontos
Quarto lugar: Raissa Fernandes (PB) com 5,00 pontos (3,00+2,00) – 670 pontos

PRO JUNIOR FEMININA – SEMIFINAIS – 3.o=5.o lugar (610 pts) e 4.o=7.o lugar (555 pts):
1.a: 1-Tainá Hinckel (SC), 2-Yanca Costa (CE), 3-Açucena Vaz (SP), 4-Larissa dos Santos (CE)
2.a: 1-Raissa Fernandes (PB), 2-Kayane Reis (RJ), 3-Luara Thompson (RJ), 4-Leticia Cavalcante (CE)

FINAL DA CATEGORIA SUB 16 DO CIRCUITO PENA LITTLE MONSTER:
Campeão: Daniel Templar (RJ) por 14,75 pontos (notas 8,00+6,75) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeão: Eduardo Motta (SP) com 8,35 pontos (4,60+3,75) – 900 pontos
Terceiro lugar: Luan Hanada (SP) com 7,50 pontos (5,00+2,50) – 810 pontos
Quarto lugar: Lucas Bezerra (CE) com 7,30 pontos (3,95+3,35) – 729 pontos

SUB 16 – SEMIFINAIS – 3.o=5.o lugar (656 pontos) e 4.o=7.o lugar (531 pontos):
1.a: 1-Eduardo Motta (SP), 2-Lucas Bezerra (CE), 3-Cauã Costa (CE), 4-Lucas Sousa (BA)
2.a: 1-Luan Hanada (SP), 2-Daniel Templar (RJ), 3-Thiago Eduardo (CE), 4-Mateus Pedersen (CE)

FINAL SUB 14 DO CIRCUITO PENA LITTLE MONSTER:
Campeão: Jeronimo Barros (BA) com 10,75 pontos (notas 6,10+4,65) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeão: Cauã Costa (CE) com 10,40 pontos (notas 5,75+4,65) – 900 pontos
Terceiro lugar: Yan Sondahl (SP) com 9,55 pontos (6,20+3,35) – 810 pontos
Quarto lugar: Kainan Meira (PR) com 5,65 pontos (2,90+2,75) – 729 pontos

SUB 14 – SEMIFINAIS – 3.o=5.o lugar (656 pontos) e 4.o=7.o lugar (531 pontos):
1.a: 1-Cauã Costa (CE)=9.50, 2-Yan Sondahl (SP)=6.70, 3-Braian Ramos (BA)=6.50
2.a: 1-Jeronimo Barros (BA)=12.25, 2-Kainan Meira (PR)=9.00, 3-Claudio Santos (PE)=7.80

FINAL SUB 14 FEMININA DO CIRCUITO PENA LITTLE MONSTER:
Campeã: Tainá Hinckel (SC) por 10,50 pontos (notas 7,25+3,25) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeã: Rafaela Coelho (SC) com 7,00 pontos (4,50+2,50) – 900 pontos
Terceiro lugar: Potira Castamar (BA) com 2,55 pontos (1,40+1,15) – 810 pontos
Quarto lugar: Sol Carrion (BA) com 1,70 pontos (0,95+0,75) – 729 pontos

FINAL SUB 12 DO CIRCUITO PENA LITTLE MONSTER:
Campeão: Rayan Fadul (BA) por 9,90 pontos (notas 5,15+4,75) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeão: Cauet Frazão (CE) com 7,25 pontos (4,25+3,00) – 900 pontos
Terceiro lugar: Alisson Matheus (RN) com 7,00 pontos (6,00+1,00) – 810 pontos
Quarto lugar: Pedro Rian (CE) com 6,25 pontos (3,40+2,85) – 729 pontos

SUB 12 – SEMIFINAIS – 3.o=5.o lugar (656 pontos) e 4.o=7.o lugar (531 pontos):
1.a: 1-Rayan Fadul (BA)=10.00, 2-Alisson Matheus (RN)=6.15, 3-Breno Matos (BA)=4.70
2.a: 1-Cauet Frazão (CE)=4.00, 2-Pedro Rian (CE)=3.45, 3-Rafael Gimenez (BA)=1.80

FINAL SUB 10 DO CIRCUITO PENA LITTLE MONSTER:
Campeão: Matheus Neves (BA) por 9,00 pontos (notas 4,75+4,25) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeão: Guilherme Lemos (CE) com 5,75 pontos (3,75+2,00) – 900 pontos
Terceiro lugar: Victor Santos (RN) com 4,20 pontos (2,20+2,00) – 810 pontos
Quarto lugar: Sandino Sá (BA) com 2,00 pontos (1,00+1,00) – 729 pontos

FINAL SUB 08 DO CIRCUITO PENA LITTLE MONSTER:
Campeão: Victor Santos (RN) por 7,55 pontos (notas 4,75+2,80) – 1.000 pontos no ranking
Vice-campeão: Vitor Gabriel (BA) com 5,75 pontos (3,10+2,65) – 900 pontos
Terceiro lugar: Pedro Veiga (BA) com 2,55 pontos (1,30+1,25) – 810 pontos
Quarto lugar: Lanai Thompson (RJ) com 2,30 pontos (1,20+1,10) – 729 pontos

 

João Carvalho – JBC Notícias e Assessoria do Surf
Assessoria de Imprensa do Pena Little Monster