Surfistas do Rio festejam mais vitórias no Pena Little Monster em Cabo Frio

By abrasp | 18 de setembro de 2017 | Notícias

E os nordestinos conquistam mais títulos do circuito 2017, cinco nas oito categorias, com o potiguar Israel Junior e a saquaremense Kayane Reis sendo campeões da principal, Pro Junior Sub-20.

Campeões Pro Junior (Lima Junior / Pena)

Os surfistas da Região dos Lagos do Rio de Janeiro festejaram mais vitórias na terceira e última etapa do Pena Little Monster 2017, encerrado neste domingo na Praia do Forte, em Cabo Frio. Dois títulos foram para Búzios, com Airton Dilan ganhando a final Pro Junior Sub-20 e Sunny Pires a Sub-14. Outros três foram para Saquarema, com Kayane Reis vencendo o título do circuito com vitória na Pro Junior, Daniel Templar na Sub-16 e Rickson Galvão na Sub-10.

No entanto, os nordestinos conquistaram mais títulos de campeões do circuito promovido pela marca Pena desde 2014, cinco nas oito categorias, com Israel Junior ganhando o da principal, Pro Junior, e o também potiguar Victor Santos na Sub-08. Os cearenses levaram mais três nas categorias dos monstrinhos, com Cauã Costa na Sub-14, Pedro Rian na Sub-12 e Guilherme Lemos na Sub-10. Os outros campeões das três etapas foram Kayane Reis na Pro Junior, o também saquaremense Daniel Templar na Sub-16 e a catarinense Rafaela Coelho na Sub-14.

As finais começaram as 13h00 do domingo, com o natalense Victor Santos mantendo a invencibilidade na categoria Sub-08 com mais um título em Cabo Frio, pois já tinha sido o melhor também em Paracuru (CE) e em Itacaré (BA). Os campeões foram sendo definidos a cada bateria, até chegar as decisões das categorias mais importantes, Pro Junior Sub-20, que fecharam o domingo do Pena Little Monster com a Praia do Forte cheia em Cabo Frio.

O título masculino já havia sido decidido nas quartas de final, quando o potiguar Israel Junior avançou e o cearense Mathias Ramos, que dividia a liderança do ranking com ele, foi eliminado no início do dia. O surfista de Baía Formosa ainda ganhou mais uma e só na grande final não conseguiu achar boas ondas para mostrar o seu surfe e terminou em terceiro lugar. A disputa pela vitória foi onda a onda entre o carioca Yuri Fernandes e o surfista de Búzios, Airton Dilan, que garantiu o título por 13,25 a 11,80 pontos. O atual campeão sul-americano Pro Junior da WSL South America, Weslley Dantas, de Ubatuba (SP), ficou em quarto lugar.

Airton Dilan (RJ) (Lima Junior / Pena)

“Estou muito feliz porque a bateria foi muito difícil, com grandes atletas, mar difícil, mas consegui pegar umas ondas boas para vencer”, disse Airton Dilan, que nunca tinha participado do Circuito Pena Little Monster. “Foi um vira-vira ali no final com o Yuri (Fernandes), mas ainda surfei minha 11.a onda que me salvou para ganhar o campeonato. Estou feliz que deu tudo certo e agora é comemorar”.

Apesar do terceiro lugar na final, o potiguar Israel Junior comemorou o título de campeão do Pena Little Monster 2017 e agora é o líder isolado do ranking Pro Junior da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), que ainda fazer mais uma etapa para decidir o campeão brasileiro da temporada. Israel é de Baía Formosa, mesma cidade do top da elite mundial da World Surf League, Italo Ferreira.

“Estou muito feliz pelo título do Circuito Pena Little Monster”, disse Israel Junior. “Eu treinei bastante para esta etapa, me dediquei muito e na verdade eu queria vencer a final aqui, mas o mar não ajudou muito. Mesmo assim, não tenho do que reclamar, pois fui passando bem as baterias para ser campeão do circuito e saio daqui consciente de que o trabalho foi bem feito. Também continuo liderando o ranking brasileiro, então vou continuar treinando forte para conquistar este título também esse ano”.

DECISÕES DE TÍTULO NAS FINAIS – Além da Pro Junior, em mais cinco categorias os campeões do Circuito Pena Little Monster 2017 já estavam definidos antes das finais. Em apenas duas, os títulos foram decididos na última bateria da temporada. Uma delas foi da Pro Junior feminina. A vice-líder Yanca Costa perdeu nas semifinais e a briga ficou entre a também cearense Larissa dos Santos e a líder do ranking, Kayane Reis, do Rio de Janeiro.

A surfista de Saquarema liderou o confronto desde o início e abriu uma boa vantagem de 7,5 pontos quando conseguiu notas 6,25 e 6,15 em duas ondas seguidas. A cearense campeã brasileira Pro Junior de 2015, conseguiu 6,75 numa batida vertical para diminuir a diferença para 5,65 nos cinco minutos finais. No entanto, Larissa não conseguiu outra para virar o placar e Kayane Reis ficou com o título Pro Junior do Pena Little Monster 2017, além de seguir liderando o ranking brasileiro, que será finalizado em outubro na Barra da Tijuca (RJ).

Kayane Reis (RJ) (Lima Junior / Pena)

“Estou muito feliz pela vitória e pelo título do Circuito Pena Little Monster”, vibrou Kayane Reis. “Na primeira etapa em Paracuru (CE), eu não fui muito bem e perdi nas semifinais. Mas, em Itacaré (BA) eu ganhei, agora ganhei aqui de novo e não tenho nem como explicar o que estou sentindo, é muita felicidade. Agora é focar nos próximos campeonatos para manter esse ritmo. Foi muito irado, porque minha família veio toda de Saquarema para cá, meus amigos do Rio também vieram torcer por mim e estou muito feliz por tudo isso”.

O outro título do Circuito Pena Little Monster 2017 decidido na grande final foi o da categoria Sub-12. A briga era entre o cearense Pedro Rian e o potiguar Alisson Matheus, mas o surfista de Buzios, Sunny Pires, estava ganhando dos dois, até cometer uma interferência de remada e a penalidade cortar uma das duas notas computadas. Com isso, ele terminou em terceiro lugar e Pedro Rian venceu a etapa para comemorar o título do circuito. Alisson Matheus ficou em segundo lugar, Sunny Pires em terceiro e o quarto colocado foi o carioca Pedro Henrique.

“Estou muito amarradão e só tenho que agradecer a Deus e toda a galera que vem me ajudando a correr os eventos e para esta viagem para cá também”, disse um emocionado Pedro Rian. “Ser campeão da etapa e do circuito foi muito bom para mim e obrigado a toda a galera que torce por mim, estamos juntos sempre, valeu, uuuhhhhuuuu”.

Podio Sub-16 (Lima Junior / Pena)

FINAL SUB-16 – Na final Sub-16, o surfista de Saquarema, Daniel Templar, coroou a conquista desta categoria no Circuito Pena Little Monster 2017 com vitória na etapa final em Cabo Frio. Ele já tinha vencido a disputada antes dessa, em Itacaré (BA), repetindo o feito neste domingo na Praia do Forte. E o filho do bicampeão brasileiro, Leonardo Neves, Valentin Neves, confirmou uma dobradinha de Saquarema no alto do pódio, com outro surfista do Rio de Janeiro, Bernardo Bordowsky, ficando em terceiro lugar e o baiano Davi Mendes em quarto.

“Estou amarradão com essa vitória, pois foi muito importante para mim ser campeão do Circuito Pena Little Monster”, disse Daniel Templar. “O mar está bem difícil, mas consegui achar as ondas boas e estou muito feliz por ganhar a última etapa aqui. Valeu galera e obrigado pela torcida”.

Podio Sub-14 (Lima Junior / Pena)

FINAL SUB-14 – Na final Sub-14, o campeão do Circuito Pena Little Monster 2017, o cearense Cauã Costa, ficou nas semifinais e o monstrinho de Buzios, Sunny Pires, não deu qualquer chance para seus adversários. No sábado, ele fez os recordes da etapa do Pena Little Monster nas ondas da Praia do Forte e no domingo participou de duas decisões. Na Sub-12, liderava a bateria, mas cometeu uma interferência e terminou em terceiro lugar.

Ele nem saiu do mar e já começou forte a final Sub-14, massacrando uma onda que valeu nota 8,50. Na segunda, recebeu 6,00 e na terceira ganhou 7,50 para vencer por 16,00 pontos. Em segundo ficou o capixaba Luis Fernando com 11,75, com o paranaense Kainan Meira em terceiro com 9,15 e o baiano Braian Ramos em quarto com 7,90 nas duas notas computadas.

“Estou muito feliz por conseguir o título numa categoria acima da minha, que eu nem esperava vencer”, disse o monstrinho de Buzios, Sunny Pires. “Eu fiquei muito decepcionado comigo mesmo por ter feito uma interferência na final Sub-12, que é a minha categoria, mas isso não me abalou e acabei ganhando a Sub-14”.

Sub-14 feminino (Lima Junior / Pena)

SUB-14 FEMININA – Na categoria Sub-14 feminina, que estreou esse ano na segunda etapa do Pena Little Monster em Itacaré (BA), as quatro únicas participantes disputaram a segunda final do domingo em Cabo Frio. A vencedora foi a cearense Lais Costa, derrotando três surfistas do Sul do país. A catarinense Rafaela Coelho ficou em segundo lugar, mas festejou o título do Circuito Pena Little Monster 2017, pois foi a única que também competiu na Bahia. A carioca Luana Paes terminou em terceiro e em quarto ficou Lanai Thompson, que tinha acabado de disputar a final masculina da Sub-08.

“Estou muito feliz por ter conseguido minha primeira vitória no Pena Little Monster”, disse Lais Costa, irmã mais jovem de dois surfistas de destaques do Ceará, Yanca Costa e Cauã Costa. “O mar estava um pouquinho ruim, mas deu para achar umas ondinhas pra surfar e estou muito feliz por ter vencido, nem sei o que falar direito”.

Podio Sub-10 (Lima Junior / Pena)

FINAL SUB-10 – A final Sub-10 foi a terceira a rolar no domingo e o campeão do Pena Little Monster 2017, Guilherme Lemos, tentava sua segunda vitória na categoria. Ele até começou bem com nota 6,00, mas foi sua única onda surfada na bateria e ele ficou em último. O saquaremense Rickson Falcão foi o melhor, fez duas ondas boas que valeram 7,50 e 6,70 para deixar o baiano Matheus Neves em segundo lugar e o carioca Gabriel Mendes em terceiro.

“Estou amarradão por ser campeão do Pena Little Monster mais uma vez e no ano que vem vou tentar buscar mais títulos com muita fé, pois quero ganhar tudo”, disse Guilherme Lemos.

Podio Sub-08 (Lima Junior / Pena)

FINAL SUB-08 – A final Sub-08 foi a primeira a entrar no mar, as 13h00 na Praia do Forte. O campeão do Pena Little Monster 2017, Victor Santos, de Natal (RN), já largou na frente com nota 6,0, que depois trocou por 7,50 e somou o 6,60 da última onda para manter sua invencibilidade na categoria esse ano. Ele já tinha sido o melhor nas etapas de Paracaru (CE) e Itacaré (BA) e agora derrotou três surfistas do Rio de Janeiro na casa deles. Pablo Gabriel ficou em segundo lugar, com a única menina entre os monstrinhos, Lanai Thompson, em terceiro e Raoni Sampaio em quarto.

“A bateria foi muito boa. Eu consegui pegar ondas para tirar boas notas e estou muito feliz”, disse Victor Santos, mais um talento surgido nas ondas da Praia de Ponta Negra, em Natal, que já revelou grandes nomes para o surfe brasileiro como Joca Junior, Aldemir Calunga, Danilo Costa, Marcelo Nunes, entre tantos outros. O pai dele, Marcelo Soares, estava na praia e também comentou sobre o título invicto do seu filho: “É uma alegria muito grande, ele tem muito talento e só temos que agradecer a Deus, então agora é só comemorar”.

A etapa final do Pena Little Monster 2017 foi realizada com apresentação da CT Wax, patrocínio da Pena Surf Wear e Prefeitura Municipal de Cabo Frio, apoio da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) e Cabo Frio Surf Clube. O evento foi promovido pela Top 16 Promoções e a categoria Pro Junior organizada pela Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP). Mais informações, resultados e rankings no www.pena.com.br

———————————————————–

João Carvalho – JBC Notícias e Assessoria do Surf

Assessoria de Imprensa do Pena Little Monster

(48) 999-882-986 – jbcsurfnews@hotmail.com

Reportagens e fotos – Lima Junior / Pena

———————————————————–

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO DO PENA LITTLE MONSTER EM CABO FRIO:

FINAL PRO JUNIOR SUB-20 – Campeão do Circuito: Israel Junior (RN):

Campeão: Airton Dilan (RJ) por 13,25 pontos (notas 7,25+6,00)

Vice-campeão: Yuri Fernandes (RJ) com 11,80 pontos (6,50+5,30)

Terceiro lugar: Israel Junior (RN) com 9,40 pontos (4,75+4,65)

Quarto lugar: Weslley Dantas (SP) com 8,55 pontos (6,15+2,40)

SEMIFINAIS DA CATEGORIA PRO JUNIOR – 3.o=5.o lugar e 4.o=7.o lugar:

1.a: 1-Israel Junior (RN), 2-Yuri Fernandes (RJ), 3-João Chianca (RJ), 4-Douglas Silva (PE)

2.a: 1-Weslley Dantas (SP), 2-Airton Dilan (RJ), 3-Lucas Paes (RJ), 4-Davi Sobrinho (ES)

QUARTAS DE FINAL DA CATEGORIA PRO JUNIOR – 3.o=9.o lugar e 4.o=13.o lugar:

1.a: 1-Israel Junior (RN), 2-Airton Dilan (RJ), 3-Igor Moraes (SP), 4-Nathan Kawani (SP)

2.a: 1-Davi Sobrinho (ES), 2-João Chianca (RJ), 3-Gustavo Borges (RS), 4-Edher Reis (SP)

3.a: 1-Yuri Fernandes (RJ), 2-Lucas Paes (RJ), 3-Arthur Alves (RN), 4-Taiwan Chan (BA)

4.a: 1-Weslley Dantas (SP), 2-Douglas Silva (PE), 3-Cauã Costa (CE), 4-Bernardo Ribeiro (RJ)

FINAL PRO JUNIOR FEMININA SUB-20 – Campeã do Circuito: Kayane Reis (RJ):

Campeã: Kayane Reis (RJ) por 12,40 pontos (notas 6,25+6,15)

Vice-campeã: Larissa dos Santos (CE) com 12,00 pontos (6,75+5,25)

Terceiro lugar: Luara Thompson (RJ) com 8,05 pontos (5,25+2,80)

Quarto lugar: Karol Ribeiro (RJ) com 7,65 pontos (3,90+3,75)

SEMIFINAIS DA CATEGORIA PRO JUNIOR FEMININA – 3.a=5.o lugar e 4.a=7.o lugar:

1.a: 1-Larissa dos Santos (CE), 2-Karol Ribeiro (RJ), 3-Julia Duarte (RJ), 4-Bruna Neves (RJ)

2.a: 1-Kayane Reis (RJ), 2-Luara Thompson (RJ), 3-Yanca Costa (CE), 4-Rafaela Coelho (SC)

FINAL SUB-16 – Campeão do Circuito: Daniel Templar (RJ):

Campeão: Daniel Templar (RJ) por 9,30 pontos (notas 6,25+3,05)

Vice-campeão: Valentin Neves (RJ) com 8,25 pontos (4,50+3,75)

Terceiro lugar: Bernardo Bordowsky (RJ) com 8,15 pontos (4,45+3,70)

Quarto lugar: Davi Mendes (BA) com 6,65 pontos (3,55+3,10)

SEMIFINAIS DA CATEGORIA SUB-16 – 3.o=5.o lugar:

1.a: 1-Daniel Templar (RJ), 2-Bernardo Bordowsky (RJ), 3-Kainan Meira (PR)

2.a: 1-Davi Mendes (BA), 2-Valentin Neves (RJ), 3-Lucas Bezerra (CE)

SEGUNDA FASE DA SUB-16 – 1.o e 2.o=Semifinais / 3.o=7.o lugar e 4.o=10.o lugar:

1.a: 1-Daniel Templar (RJ), 2-Valentim Neves (RJ), 3-Cauã Costa (CE), 4-Guilherme Hilel (RJ)

2.a: 1-Davi Mendes (BA), 2-Bernardo Bordovsky (RJ), 3-Bryan Ramos (BA), 4-Caio Knappi (RJ)

3.a: 1-Kainan Meira (PR), 2-Lucas Bezerra (CE), 3-Thiago Eduardo (CE), 4-Valentino Belga (RJ)

FINAL SUB-14 – Campeão do Circuito: Cauã Costa (CE):

Campeão: Sunny Pires (RJ) por 16,00 pontos (notas 8,50+7,50)

Vice-campeão: Luis Fernando (ES) com 11,75 pontos (7,25+4,50)

Terceiro lugar: Kainan Meira (PR) com 9,15 pontos (5,30+3,85)

Quarto lugar: Braian Ramos (BA) com 7,90 pontos (4,25+3,65)

FINAL SUB-14 FEMININA – Campeã do Circuito: Rafaela Coelho (SC):

Campeã: Lais Costa (CE) por 7,50 pontos (notas 4,00+3,50)

Vice-campeã: Rafaela Coelho (SC) com 7,20 pontos (5,15+2,05)

Terceiro lugar: Luana Paes (RJ) com 3,55 pontos (1,90+1,65)

Quarto lugar: Lanai Thompson (RJ) com 2,35 pontos (1,95+1,50)

FINAL SUB-12 – Campeão do Circuito: Pedro Rian (CE):

Campeão: Pedro Rian (CE) por 9,10 pontos (notas 5,50+3,60)

Vice-campeão: Alisson Matheus (RN) com 8,40 pontos (4,50+3,90)

Terceiro lugar: Sunny Pires (RJ) com 6,75 pontos (6,75+interferência)

Quarto lugar: Pedro Henrique (RJ) com 4,55 pontos (2,30+2,25)

FINAL SUB-10 – Campeão do Circuito: Guilherme Lemos (CE):

Campeão: Rickson Falcão (RJ) por 14,20 pontos (notas 7,50+6,70)

Vice-campeão: Matheus Neves (BA) com 11,85 pontos (6,50+5,35)

Terceiro lugar: Gabriel Dantas (RJ) com 8,75 pontos (7,25+1,50)

Quarto lugar: Guilherme Lemos (CE) com 7,00 pontos (6,00+1,00)

FINAL SUB-08 – Campeão do Circuito: Victor Santos (RN):

Campeão: Victor Santos (RN) por 14,10 pontos (notas 7,50+6,60)

Vice-campeão: Pablo Gabriel (RJ) com 9,45 pontos (4,90+4,55)

Terceiro lugar: Lanai Thompson (RJ) com 6,50 pontos (3,50+3,00)

Quarto lugar: Raoni Sampaio (RJ) com 4,05 pontos (2,05+2,00)