Swatch Women´s Pro abre a etapa da World Surf League em Trestles

By abrasp | 8 de setembro de 2016 | Feminino

As meninas abriram a etapa norte-americana do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour em San Clemente, na Califórnia. As surpresas da primeira fase do Swatch Women´s Pro foram as vitórias de Nikki Van Dijk e Laura Enever sobre as líderes do ranking, a também australiana Tyler Wright e a norte-americana Courtney Conlogue, respectivamente. Mas, as duas têm outra chance de classificação na segunda fase. O destaque nas ondas de 2-4 pés da quarta-feira em Lower Trestles foi a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore com os recordes do dia. O início do Hurley Pro at Trestles foi adiado e a primeira chamada da quinta-feira para as categorias masculina e feminina será às 7h30 na Califórnia, 11h30 em Brasília.

Nikki Van Dijk (Foto: Sean Rowland - WSL)
Nikki Van Dijk (Foto: Sean Rowland – WSL)

Vice-campeã na etapa passada, vencida por Tatiana Weston-Webb em Huntington Beach, na Califórnia, a também havaiana Malia Manuel ganhou a bateria que inaugurou o Swatch Women´s Pro. Tatiana venceu a segunda e na terceira aconteceu a primeira surpresa do dia, com Nikki Van Dijk batendo a número 1 do Jeep WSL Leader, Tyler Wright. E na disputa seguinte, a vice-líder Courtney Conlogue, também perdeu para outra australiana da parte de baixo do ranking que está fora até do grupo das dez que ficam na elite para o ano que vem, Laura Enever.

A disputa pela liderança do ranking entre as duas é fase a fase e a americana precisa ficar uma posição à frente da australiana para recuperar a lycra amarela perdida no US Open of Surfing em Huntington Beach. O pior resultado da líder Tyler Wright foi nas Ilhas Fiji, onde também estreou com derrota para Nikki Van Dijk na primeira fase e foi eliminada em último lugar pela convidada Bethany Hamilton. Em Trestles, Tyler ficou atrás das duas na sua bateria e novamente terá a havaiana como adversária no terceiro duelo da segunda fase.

Na disputa seguinte, Courtney Conlogue enfrenta a surfista de Barbados, Chelsea Tuach, que ainda não conseguiu vencer nenhuma bateria no seu ano de estreia na elite das top-17 da World Surf League. Esta será a primeira vez que ela vai competir contra a norte-americana e quem mais deseja uma primeira vitória de Chelsea Tuach no momento é a defensora do título do Swatch Women´s Pro e atual campeã mundial, Carissa Moore.

Stephanie Gilmore (Foto: Kirstin Scholtz - WSL)
Stephanie Gilmore (Foto: Kirstin Scholtz – WSL)

MELHORES DO DIA – A havaiana confirmou o favoritismo com uma grande apresentação no penúltimo confronto do dia, batendo todas as marcas da quarta-feira até ali com os 15,17 pontos que totalizou contra a sul-africana Bianca Buitendag e a também havaiana Coco Ho. Carissa Moore também tem chance de assumir a ponta do ranking em Trestles, mas as líderes Tyler Wright e Courtney Conlogue precisam perder nas primeiras fases, antes das quartas de final. E a havaiana ainda tem que chegar na grande final ou até vencer o Swatch Women´s Pro para ultrapassa-las.

As havaianas Carissa Moore e Tatiana Weston-Webb foram as únicas cabeças de chave que estrearam com vitórias na Califórnia. As outras quatro perderam e terão que disputar uma rodada extra para chegar na terceira fase. A última a cair para a repescagem foi a francesa Johanne Defay na bateria em que a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore fez os recordes do campeonato. A australiana surfou três ondas muito boas que valeram notas 8,50, 8,20 e 7,93, com essa última sendo descartada do maior placar do Swatch Women´s Pro no primeiro dia, 16,70 pontos.

O Hurley Pro e Swatch Women´s Pro serão transmitidos ao vivo de Lower Trestles pelo www.worldsurfleague.com com divulgação também dos parceiros de mídia da World Surf League: ESPN, Globosat e Sportv no Brasil, Fox Sports da Austrália, CBS Sports dos Estados Unidos, Edgesport, Sky NZ, Canal + Deportes, Channel Nine, MCS, Starhub e Oceanic Time Warner Cable 250 & 1250 no Havaí.