KRYSTIAN KYMMERSON NOVAMENTE

By abrasp | 31 de maio de 2018 | Destaque, Notícias
krystian Kymmerson

Depois da vitória no Rio de Janeiro, capixaba faz a festa na 1a etapa da Tríplice Coroa Quebra Onda, na vila de Povoação em Linhares (ES). Evento distribuiu R$ 30mil de prêmio e marcou a volta do Espírito Santo ao cenário do surf nacional.

Um evento que ficará marcado na história do surf capixaba. Essa frase resume o que foi a primeira etapa da Tríplice Coroa Quebra Onda de Surf, que terminou no último domingo, 27 de maio, na praia de Povoação em Linhares, na foz do Rio Doce, norte do Espírito Santo.

Uma verdadeira confraternização do esporte, com a presença de atletas da elite brasileira, ídolos locais e surfistas da nova geração, misturados aos turistas e moradores da pacata vila de pouco mais de 1000 habitantes. Integração total, um verdadeiro festival de surf.

O campeonato foi válido como a sétima etapa do Abrasp Tour 2018 e também pelo ranking capixaba de surf profissional, oferecendo 3000 pontos para o campeão e R$ 8 mil, maior fatia dos R$30mil em premiação.

Já as categorias amadoras foram premiadas com pranchas, roupas e acessórios. No comando da transmissão, o ídolo do surf capixaba Nelson Ferreira e o cineasta e diretor do filme A Onda da Vida José Augusto Muleta deram o recado, misturando entrevistas e apresentando o potencial turístico do litoral norte capixaba.

Podio – Krystian Kymmerson

Durante quatro dias, atletas de várias regiões do país duelaram nas ondas pesadas de Povoca. Na quarta e quinta (24 e 25 de maio) os profissionais surfaram num mar em boas condições, com ondas de 4 a 6 pés com excelente formação. No sábado, as categorias Open, Master e Regional encontraram um mar mexido, com muito vento, prejudicando a formação. Mas a galera não negou fogo e disputas eletrizantes definiram os finalistas.

No domingo o sol apareceu e o evento começou com as quartas de final da profissional, com alternância de liderança e viradas nos últimos segundos. Como no Rio de Janeiro, 03 dos 04 finalistas se encontraram novamente. Na primeira semifinal, por poucos décimos, Krystian Kymerson derrotou o bicampeão Brasileiro Messias Félix, enquanto na outra, Rafael Teixeira derrotou Lysandro Leandro.

Em seguida, entraram na água as finais da Regional. Ney Silva, surfista local de Regência e vencedor da etapa de 2017, virou no último minuto em cima de Weverson Pessoti e garantiu o bi campeonato da categoria. Na Open e Master foi “barba, cabelo e bigode”: o atleta de São João da Barra (RJ), Deyvison Ferreira, mostrou técnica aliada a muita garra e levou as duas categorias, voltando para casa feliz com duas pranchas Eric Arakawa e uma farta premiação.

Tríplice Coroa Quebra Onda

Mas, sem dúvida, o grande momento estava reservado para a final da categoria profissional. Os principais atletas da competição, que competem juntos desde as categorias de base, se encontraram mais uma vez. Em jogo, além da premiação e da liderança do ranking, era o tira-teima da última etapa. Krystian Kymerson e Rafael Teixeira estavam “em casa”, diante da torcida, e deram um show de surf. Bateria disputada até o último momento, com Rafael à frente após uma boa onda que lhe rendeu um 6,67. Bateria estava tensa, até que KK Fly recebeu uma nota 9,0 e levou a praia ao delírio. Fim de bateria e vitória de Krystian Kymerson.

Uma semana realmente incrível na pequena vila de Povoação. Apesar da chuva, vento e a greve dos caminhoneiros, o calor humano prevaleceu com muito surf, música, cultura e confraternização. Parabéns aos moradores pelo suporte e acolhida a todos os visitantes. A ASL – Associação de Surf de Linhares, junto à Fesurf e Abrasp, entregaram um evento digno do melhor surf nacional.

Está aberta a Tríplice Coroa Quebra Onda de Surf no North Shore capixaba. A próxima parada acontece no Pontal do Ipiranga, em julho. Viva o surf capixaba! Viva o Espírito Santo!

Resultados:

Categoria Regional

1o Ney Silva
2o Weverson Pessoti
3o Gustavo Arpine
4o Vitor Scaramussa

Categoria Master

1o Deyvison Ferreira (RJ)
2o Wilson Nora (BA)
3o Fabrício Fiorot (ES)
4o Anderson Rangel (ES)

Categoria Open

1o Deyvison Ferreira (RJ)
2o Angelo de Souza
3o Henrique Zon (ES)
4o Vicente Ferreira (RJ)

Categoria Profissional

1o Krystian Kymerson
2o Rafael Teixeira
3o Messias Félix
3o Lysandro Leandro