Maricá Surf Pro / AM 2019 – Raoni e Camila reinam em Ponta Negra

By abrasp | 21 de julho de 2019 | Destaque, Feminino, Notícias

Saquaremense Raoni Monteiro e ubatubense Camila Cassia são os campeões das categorias profissionais do Maricá Surf Pro / AM 2019, etapa do Circuito carioca válida também para o ranking nacional da Abrasp.

Os primeiros campeões do Maricá Surf Pro / AM 2019 foram conhecidos neste sábado na cidade da Região dos Lagos, Rio de Janeiro. Em mais um dia de altas ondas em Ponta Negra, que hoje quebraram com até 1,5 metro e excelente formação, o saquaremense Raoni Monteiro e a ubatubense Camila Cassia faturaram as categorias profissionais.

Renan Pulga – Foto: SURFE TV / Carlos Matias

As semifinais masculinas começaram com o paulista de Camburi Renan Pulga batendo forte nas esquerdas com seu potente e afiado backside. A segunda vaga na final ficou entre o carioca Vitor Ferreira e o cearense Artur Silva. O surfista de base goofy Vitor rasgou forte de frontside, acertou as junções e levou a melhor por uma pequena diferença. Artur também fez grandes manobras e no final voou numa direita pra tentar a virada, mas caiu na aterrissagem. O ubatubense Wesley Leite não entrou em sintonia com o mar e ficou em quarto.

A segunda semi masculina começou com um empolgado Raoni Monteiro. O saquaremense acertou duas fortes manobras e abriu com uma nota 9.00 pontos. O ex-top da elite mundial seguiu achando as boas, acertando tudo o que tentava e disparou na liderança, deixando seus três adversários na briga pela outra vaga na finalíssima. O carioca Leandro Bastos, que defendia o título da competição, estava bem na disputa até o carioca que vive há muitos anos em Saquarema, Leo Neves, acertar uma junção cabulosa, arrancar uma nota 8.00 e pular para segundo para não sair mais. O surfista de Maresias Igor Morais fez uma boa onda, porém terminou na quarta posição, mas bem próximo de Leandro e de Leo.

A final masculina terminou com os quatro atletas tendo somatórios bem próximos. Raoni seguiu muito encaixado com as ondas de Ponta Negra, voltou a executar boas manobras de backside e venceu, deixando o também ex-integrantes da elite mundial Leo Neves em segundo, Vitor Ferreira em terceiro e Renan Pulga em quarto.

Raoni Monteiro – Foto: SURFE TV / Carlos Matias

Logo após a final, Raoni comparou a onda de Maricá com as do seu “quintal” em Saquarema e falou também sobre a vitória. “Eu já tinha vindo aqui umas duas vezes, mas o mar não estava legal e eu não surfei. Mas nos últimos dias deu pra ver que esse pico tem muito potencial. Ele funciona com a mesma direção do swell de Itaúna. Hoje eu surfei em Saquarema, na Vila, e peguei altas ondas, surfei altos tubos, estava muito bom. E aqui é a mesma direção, é a mesma onda, a mesma força de onda e o mesmo tipo de surfe. Ontem eu não consegui me achar muito, mas fui passando as baterias. Hoje eu consegui me achar desde o primeiro confronto e logo na primeira onda já tirei uma nota 9.00 e deu tudo certo. Foram duas baterias iradas, consegui pegar altas ondas, consegui fazer um surfe que eu gosto de fazer e deu tudo certo. Consegui me dar bem, consegui vencer!”, disse o saquaremense que largou na frente na briga pelo título estadual do Rio em 2019 e que também somou importantes pontos no circuito brasileiro da Abrasp, já que essa etapa valeu como a oitava do tour nacional deste ano.

Ao contrário dos homens, as meninas já chegaram neste sábado com as finalistas conhecidas, e pouco antes da última bateria profissional masculina elas foram para a água decidir o título. A cabofriense Karol Ribeiro largou bem e na sequência a surfista de Búzios, Gabriela Teixeira, fez interferência na saquaremense Kayane Reis. No meio do confronto a ubatubense Camila Cassia achou uma boa esquerda e não desperdiçou a chance, somando pontos que a colocaram na liderança. Kayane ainda pulou pra segundo, encostando em Camila, mas o título do Maricá Surf Pro / AM 2019 foi mesmo para Ubatuba.

Camila Cassia – Foto: SURFE TV / Carlos Matias

Esse foi o segundo título de Camila Cassia no circuito nacional da Abrasp no ano, os dois conquistados neste mês de julho. “Estou muito feliz por tudo o que vem acontecendo na minha vida. Na semana passada eu ganhei um campeonato na Ilha do Mel, e neste ganhei mais um, agora aqui em Maricá. Estou amarradona! Na semana que vem já tem outro e já estou focada. Acho que tudo isso que está acontecendo é fruto do trabalho que eu venho fazendo há anos, eu nunca desisti do meu sonho. Eu só tenho que agradecer a todas as pessoas que me ajudam, agradecer ao Maicol, pois ele nunca deixou de acreditar em mim, e ao team Maicol Surf Coach, onde eu trabalho. Graças a essa galera que eu estou aqui hoje comemorando e podendo desfrutar de tudo isso”, disse Camila que segue na liderança do circuito da Abrasp.

Disputas amadoras – Este sábado também foi marcado pelo início dos duelos entre os surfistas amadores do Maricá Surf Pro / AM 2019. Foram várias notas na casa do excelente, e quem mais se destacou foi Mariana Areno, A carioca arrancou a primeira nota 10 do evento, e na mesma disputa da categoria Feminino Sub-16 conquistou também 8.25. O somatório 18.25 é o maior da competição, um pouco melhor do que os 18.15 do paulista Renan Pulga, conquistados na Masculino Profissional.

Cauã Gonçalves também deu show neste sábado. Na Masculino Pro-Junior, o paulista que lidera o ranking da categoria fez 9.50 na primeira fase, e na Masculino Sub-16 arrancou 9.25 dos juízes. Outro Cauã, só que o de sobrenome Costa, cearense radicado no Rio, conquistou um 9.00 que somado a 8.00 o fez recordista de somatório (17.00) da categoria Masculino Pro-Junior.

Cauã Costa – Foto: SURFE TV / Carlos Matias

Caique Nunes foi o melhor na Sub-14 e Rickson Falcão arrebentou na Sub-12, sendo o único surfista da categoria a varar a arrebentação para dropar as ondas da série. Rickson, que é de Saquarema, arrancou as notas 9.00 e 7.25 pontos.

Próxima chamada – A próxima chamada para o Maricá Surf Pro / AM 2019 acontece neste domingo, às 7:30, para um possível início às 8:00.

Ao vivo – O Maricá Surf Pro / AM 2019 está sendo transmitido ao vivo na página da FESERJ – Federação de Surfe do Estado do Rio de Janeiro no Facebook. Para assistir, clique aqui.

Confira todos os resultados e as próximas baterias clicando aqui.

O Maricá Surf Pro/AM 2019 é uma realização da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ com patrocínio da Prefeitura de Maricá através da Secretaria de Esportes e Lazer.

Apoio de Casa&Mar Wellness Hotel and SPA, Casa&Mar Colonial e Maki Boat.

Apoio de mídia do Waves e do SURFLAND (SBT).

Apoio institucional: Associação de Surf e Bodyboard de Ponta Negra (ASBPN) e Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP).

Este slideshow necessita de JavaScript.


Carlos Matias 21 97942-3555
Jornalista Profissional – MTE 33810/RJ